Verdadeiramente, devemos cavar fundo para descobrir “as coisas grandes e ocultas” que desconhecemos!

O exemplo de Luiz Caldas Tibiriçá teve precedente bastante semelhante em Guilherme Stein Jr., pesquisador autodidata que dedicou grande parte de sua vida para o estudo da origem comum das línguas e das religiões. A Sociedade Criacionista Brasileira imprimiu um fascículo sobre os livros de sua autoria já publicados, e em vias de publicação, que constituem um valioso acervo para os estudiosos de lingüística comparada.

O mencionado fascículo, intitulado “Um Tronco Comum para os Idiomas?”, apresenta uma visão geral da concepção de Guilherme Stein Jr. relativamente à problemática da origem comum das línguas, baseada na análise de concepções religiosas que também apontam para uma origem comum das religiões.

Este assunto foi apresentado no III Encontro Nacional e I Encontro Internacional de Criacionistas, realizado no Instituto Adventista de Ensino, em São Paulo, em janeiro de 1999, em sessão que teve a participação conjunta do pesquisador Luiz Caldas Tibiriçá e do Presidente da Sociedade Criacionista Brasileira.

Os interessados em cópias do mencionado fascículo, ou em cópias do vídeo-teipe da sessão em que o assunto foi exposto e debatido, poderão contactar a Sociedade Criacionista Brasileira para fazer sua solicitação.