Talvez a mais emocionante perspectiva no mundo do criacionismo científico seja a possibilidade de que ainda existam dinossauros vivendo em florestas remotas do planeta. A Teoria da Evolução e a sua correspondente necessidade de longas eras de desenvolvimento evolutivo seriam fortemente pressionadas a se acomodarem à existência de um dinossauro vivo. É o que aconteceria com o Mokele-mbembe, criatura que alguns cientistas acreditam ser um dinossauro saurópodo sobrevivente.

(Leia toda a matéria na Revista Criacionista impressa)